sexta-feira, 20 de Abril de 2012

Ontem em Santarém, amanhã em Lisboa

A minha sala de aula é uma trincheira continua em alta!
Ontem estive em Santarém e foi muito bom! Uma sala cheia de futuras educadoras de infância e professoras (só um candidato do sexo masculino! Portanto vou continuar no feminino!), todas entusiasmadas com o futuro.
Falar-lhes dos mitos foi uma espécie de "alerta", um "abrir olhos" para o que os professores portugueses vivem nas salas de aula. Falei sobretudo das histórias mais assustadoras, daquelas que as podem esperar quando chegarem à escola e, no final, uma delas confessava que o maior medo é a indisciplina dos alunos.
Mas falei também do que se espera, do que eu espero, que elas sejam na escola: um sinal de mudança. Raparigas bem formadas e entusiasmadas com a profissão, mulheres com vocação, que queiram fazer a diferença! É tão importante fazermos aquilo de que gostamos e só fazemos felizes os outros se nos sentirmos bem com aquilo que somos e fazemos, repeti. Para que fique lá dentro, para que saibam que o seu trabalho vai moldar, vai ajudar rapazes e raparigas a gostar ou a odiar a escola, que o seu trabalho pode fazer a diferença!
Espero que tenham ouvido melhor esta parte do que a outra de ser difícil entrar na profissão, de ser mal paga, de ser de risco...

Foram 65 km a conduzir e duas horas de pé, a dar a aula aberta. Hoje estou toda partida e cansadissima. Mais um sinal de que não seria grande professora, não teria resistência para tal! Horas e horas de pé e a falar. Horror!

Hoje começa um encontro em Lisboa, no qual intervirei amanhã. Espero que sentada!

Aqui fica a informação:

Colóquio: "Educar para o futuro"
É já na próxima sexta-feira, dia 20 que damos início ao Colóquio Educar para o Futuro, que decorrerá nas instalações do Externato João XXIII, na zona da Expo. Serão dois dias - 20 e 21 de Abril de 2012, em que teremos vários oradores a falar-nos da sua experiência enquanto docentes e investigadores na área. O mote é Educar para o futuro, e contaremos com a jornalista e autora Barbara Wong a encorajar os professores na sua profissão, o Prof João Ruivo a falar-nos dos professores e o futuro da Escoa; o Prof Paulo Guinote a abordar a importância da formação, recrutamento e avaliação para os docentes. Teremos ainda o Prof Mário Simões, que abordará “A trajectória de Vida na Escola”, e a Drª Paula Molarinha, que nos traz o uso das técnicas psicoterapêuticas na escola. Na lista de oradores temos ainda o Maestro Myguel Santos e Castro, que nos falará da sua experiência enquanto maestro e o paralelismo com a arte de ensinar. E também a psicóloga Paula Matos, que fará as pontes entre as escolas e as famílias. Contamos ainda com apresentações mais práticas da parte das oradoras Maria José Pinto e Conceição Marques, e da Drª Clara Melo, bem como da Drª Vânia Weissberg que nos trará uma abordagem à aprendizagem dos sentidos. De realçar ainda a presença da Profª Lurdes, uma docente que, aos 90 anos ainda continua com a mesma paixão pelo ensino, permanecendo no activo. A seu lado estará a Profª Ana Santos, recém-chegada à profissão. Estão reunidas condições para serem debatidas abertamente as questões que tanto preocupam pais, educadores, professores e todos os que se interessam por este tema. Será um Colóquio para promover um encontro de diferentes gerações e pensamentos, de diversas experiências e conhecimentos, de diferentes formas de se estar e viver a educação, sempre com o intuito de abrir novas perspectivas para a Educação do Futuro…

Sem comentários:

Enviar um comentário