quinta-feira, 26 de Maio de 2011

Testes intermédios do 1º ciclo

Mais um post da mãe-professora.

O meu filho, no 2º ano e com 8 anos, vai ter testes intermédios de Língua Portuguesa e Matemática já nos próximos dias 3 e 8 de Junho, respectivamente. Estes assumem um carácter eminentemente formativo e permitem um exercício de aferição especialmente útil em ano de mudança de programa. Muito bem.

E os alunos do secundário, sujeitos a exame nacional, cujo resultado final interfere na sua média de acesso ao ensino superior, não têm, ao longo dos três anos do ciclo, um único teste intermédio de Português.

Tal facto gera especial estranheza quando sabemos que os testes intermédios existem, neste ciclo de estudos, para a Matemática, para a Física e Química A, para a Biologia-Geologia e para a Filosofia.

Confesso que não entendo o motivo pelo qual a disciplina de Português não faz parte deste conjunto.

Ana Soares

12 comentários:

  1. Está a falar de quê? Dos testes intermédios que conhecemos e que tanto brado estão a dar? Testes no segundo ano? Enquanto pai, acho um disparate monumental e que em nada contribui para oo sucesso educativo.

    ResponderEliminar
  2. Sim, "Testes intermédios". O mesmo conceito dos restantes ciclos de ensino.
    Confesso que me preocupa não existirem para a disciplina de Português no Secundário.
    E estranho que existam para outras disciplinas e não para o Português.

    ResponderEliminar
  3. Como mãe, no 1º ciclo, os testes não me preocupam. Podem ser úteis instrumentos de regulação do trabalho dos docentes. Além disso, não vejo mal em que os miúdos sejam confrontados com provas realizadas por outra entidade que o professor titular.

    ResponderEliminar
  4. e que ricos testes...... enfim..

    ResponderEliminar
  5. Como professora do 1.º ciclo e após ter consultado o teste intermédio de Língua Portuguesa, aplicado hoje aos alunos do 2.º ano de escolaridade, só me apetece fazer um comentário:
    "Os Deuses devem andar loucos".

    ResponderEliminar
  6. Sou professora do 1.ºCiclo e gostaria de saber a sua opinião acerca do teste intermédio -Língua portuguesa- realizado, ontem, pelos alunos do 2.ºano.
    Flora Queirós

    ResponderEliminar
  7. Eu sei que não foi a mim que perguntaram mas.. fui ler os enunciados e ouvi "com atenção", como é pedido, toda a parte áudio. Depois tentei imaginar os meus filhos aos oito anos, a fazer esta prova. Pois, parece-me um bocado imbecil. As instruções, os pedidos para rodear a lápis de cor. Tudo. Mas acredito que não será para todos os meninos, aos oito eles ainda são pequenos... A parte da produção escrita, do rascunho ao texto final é confusa para as crianças ou não? Eles estão habituados a fazer assim em sala de aula? BW

    ResponderEliminar
  8. Tenho alunos do 1º ano que era capazes de realizar o teste intermédio de Língua Portuguesa sem dificuldade nenhuma. Como é possível achar que as instruções para rodear a lápis de cor são difíceis para uma criança de 8 anos?

    ResponderEliminar
  9. Só hoje pude analisar a prova. Aqui vai um breve comentário ao teste intermédio do 2º ano.

    Aspectos positivos:

    - pela 1ª vez, numa prova de avaliação externa, avalia-se a compreensão do oral. O grau de dificuldade das questões é discutível, mas, ainda assim, parece-me adequado à realidade;

    - a produção escrita vai ao encontro do modelo preconizado pelos Novos Programas de Português (planificação, textualização e revisão);

    - a prova inclui questões com tipologias distintas e com graus de dificuldade variados.

    Aspectos duvidosos:
    - a obrigatoriedade dos alunos entregarem as três fases do exercício de produção escrita. Embora do ponto de vista teórico esta seja a perspectiva adequada à produção textual, creio que a realização das três etapas seguidas, sem intervalo, poderá ter condicionado algumas prestações. Por exemplo, entre a textualização e a revisão, poderia ter ocorrido um intervalo ou pausa.

    Ana Soares

    ResponderEliminar
  10. Quanto ao comentário do leitor das 15h39, reforço que o teste apresentava perguntas com graus de dificuldade distintos (como é importante que aconteça). Concordo que a tarefa a que o leitor se refere (rodear com cores) não era uma das tarefas difíceis da prova.
    AS

    ResponderEliminar
  11. isto é uma grande treta os testes intermedios

    ResponderEliminar
  12. não ira fazer nada a não ser prejudicar muita gente xd

    ResponderEliminar